Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Pintores morrem eletrocutados em obra no sul do Tocantins

Dois pintores morreram eletrocutados em uma obra de um posto de combustível em Alvorada, no sul do Tocantins. O acidente aconteceu por volta das 8h desta quarta-feira (28). Os trabalhadores José Lucas Cordeiro Dias, 21 anos, e Antônio Neto Leite, 35 anos, receberam uma descarga elétrica enquanto estavam movendo um andaime metálico que encostou em um fio de alta tensão da rede elétrica. As informações são da Secretaria de Segurança Pública.
De acordo com o depoimento do chefe da obra à Polícia Civil da cidade, a dupla usava os equipamentos de segurança. As luvas e as botas que são exigidas pela legislação para este tipo de obra só protegem contra descargas elétricas de baixa tensão, por isso não foram suficientes para salvar José Lucas e Antônio. Eles trabalhavam no local desde dezembro de 2014 e tinham experiência na área.
Uma investigação preliminar está sendo conduzida na delegacia da cidade, mas de acordo com a SSP todos os indícios indicam um acidente de trabalho. Os dois tiveram morte instantânea. Uma perícia foi requisitada para o local assim como um laudo cadavérico, porém os resultados ainda não têm data para serem divulgados.
Fonte: G1 Tocantins 28/01

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Mulher morre com choque elétrico de tanquinho na região

Fernandópolis.
Ana Maria Rocha Barbosa lavava roupas quando sofreu uma descarga elétrica proveniente do uso de um tanquinho ou da máquina de lavar roupas.
Ela foi socorrida por uma unidade de Samu, mas já chegou sem vida ao Pronto Socorro de Ouroeste.
Fonte: Votuporanga tudo 25/01

Adolescente morre eletrocutado ao tentar pegar comida dentro de freezer

Um adolescente de 16 anos, identificado como Talisson Rafael de Sousa, morreu eletrocutado neste sábado (24), ao tocar em um freezer ligado dentro de casa, no Parque Piauí, zona Sul de Teresina.
Segundo informações da família, ele ajudava o pai na venda de frangos e precisou pegar uma sacola que estava dentro do freezer. Ao tocar no objeto, sofreu uma alta descarga elétrica. O primo da vítima, Carles Anderson, contou que a família desligou rapidamente o freezer da tomada, mas não conseguiu evitar a morte.
"Todo mundo se surpreendeu com o choque e puxou a tomada. Chamaram o Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência], mas quando chegaram não conseguiram reanimá-lo", contou o familiar, acrescentando que o jovem era dedicado e trabalhador e que sempre ajudava o pai na venda de frango.
No enterro de Talisson, Tânia Isabel, vizinha do adolescente, lamentou o fato e disse que os parentes estão inconformados com a tragédia. "A família está desesperada, destruída", declarou.
Talisson era o filho mais velho e tinha dois irmãos. O sepultamento aconteceu na manhã deste domingo, no cemitério Santa Cruz, zona Sul da cidade. Centenas de pessoas compareceram ao local.

Jordana Cury
Com informações de Solange Sousa (TV Cidade Verde)
jordanacury@cidadeverde.com

Fonte: Cidade Verde 25/01

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

PROFESSORA MORRE ELETROCUTADA NO CENTRO DE RIO VERDE

A professora Cleuza Maria de Oliveira, 59 anos, morreu no fim da tarde deste Sábado, 24, ao receber uma descarga elétrica no momento em que ajudava seu esposo a fazer manutenção do telhado de sua casa, localizada na Rua Augusta Bastos, Jardim Goiás, em Rio Verde.
Familiares informaram que a professora Cleuza Maria, durante a manutenção, tocou em um fio energizado e caiu de uma escada, batendo com a cabeça no chão.
Cleuza Maria era mãe do Renato Cobra, ex-coordenador de Feiras Livres e ex-candidato a Vereador em Rio Verde. O corpo da Professora está sendo velado em sua Residência e será sepultado às 17h00 no Cemitério São Sebastião.
Fonte: Souza Filho - 25/01 - http://sousafilhonoticias.blogspot.com.br/2015/01/professora-morre-eletrocutada-no-centro.html#ixzz3PxTDXyhY

domingo, 25 de janeiro de 2015

Homem morre eletrocutado ao encostar em caminhão

Uma motorista de caminhão de 43 anos morreu eletrocutado na tarde desta sexta-feira (23), na avenida João Aragão, em Mauá, região metropolitana de São Paulo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, um fio de alta tensão se rompeu e encostou no veículo, que estava estacionado na via. O homem não viu o que havia acontecido, e retornou ao caminhão para buscar a carteira. Foi quando recebeu a descarga elétrica.
Além dos bombeiros, o SAMU foi acionado. Um paramédico constatou óbito no local.
Fonte: R7 São Paulo 24/01

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Criança morre no Distrito Federal após levar choque enquanto usava o celular

Uma garota de 11 anos morreu em Ceilândia após sofrer parada cardiorrespiratória em decorrência de um choque elétrico que recebeu na noite desta segunda-feira (20). Segundo relato da família, a criança recebeu o choque enquanto jogava no celular e o aparelho estava conectado à tomada.
De acordo com a Secretária de Saúde do DF, a menina chegou ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC) com familiares, recebeu assistência de três pediatras, um clínico cirúrgico e uma clínica médica. Em seguida, foi submetida à reanimação cardiopulmonar por mais de uma hora, mas não resistiu.

Perigo
Em 2013, foi registrado na China o caso de uma mulher que morreu após atender o celular, enquanto o aparelho carregava. Não é aconselhável fazer isso, principalmente se estiver chovendo ou com incidência de raios.
O engenheiro elétrico Antônio Marcos Costa explica o que acontece neste caso. “No momento da chuva é gerada uma descarga atmosférica, que pode chegar à rede elétrica e sobrecarregar o sistema de energia, causando, assim, choque ou até a explosão de aparelhos”, esclarece.
Outra dica é não carregar o celular perto de fontes de calor, como micro-ondas ou televisão. A umidade também pode causar danos ao smarthphone, então evite carregar no banheiro, enquanto o chuveiro estiver ligado ou próximo à pia. É aconselhável ainda, explica Costa, evitar a compra de aparelhos ou baterias falsas, pois eles não recebem o selo de aprovação do Inmetro.
Fonte: Diário de Pernambuco 20/01

Idoso é eletrocutado ao manusear bomba elétrica de água no Oeste

Um homem morreu eletrocutado enquanto trabalhava na manutenção de uma bomba elétrica de água no Oeste de Santa Catarina. José Venâncio Pereira, de 66 anos, sofreu a descarga elétrica na manhã desta quarta-feira (21) na Linha Gramado dos Rosas, emGuatambú. Moradores da região fizeram protesto depois do acidente (veja o vídeo ao lado).
O atendimento foi realizado pelo Corpo de Bombeiros de Chapecó, também no Oeste. De acordo com a guarnição, o acidente aconteceu por volta das 7h em uma propriedade rural onde a vítima morava. Ele estaria sozinho e trabalhava na perfuração de um poço com uma bomba elétrica. Segundo os bombeiros, não chovia no momento em que ocorreu o choque.
Conforme a guarnição, a vítima não apresentava sinais vitais e morreu ainda no local. A voltagem da descarga elétrica não foi divulgada. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Chapecó.
Fonte: G1 Santa Catarina 21/01

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Idoso morre eletrocutado ao retirar galhos presos à fiação, no ES

Um homem de 62 anos morreu após sofrer uma descarga elétrica, quando tentava cortar galhos perto de fios de alta tensão, em uma propriedade rural de Bagueira, zona rural de Linhares, no Espírito Santo, na manhã desta terça-feira (13). Segundo os bombeiros, o corpo da vítima ficou preso a uma árvore e foi encaminhado ao Serviço Médico Legal do município.
A vítima trabalhava em uma propriedade rural particular. Por volta das 9h, o homem subiu em uma árvore, mas acabou sofrendo a descarga elétrica. "Quando o galho colidiu com a fiação e ele veio a óbito instantâneo", explicou o sargento Sebastião Rodrigues.
A Escelsa, empresa responsável pela energia elétrica da região, foi até o local do incidente e desligou parte da rede de energia para que o corpo fosse retirado pelo Corpo de Bombeiros.
*Com colaboração de Kaio Henrique, da TV Gazeta.
Fonte: G1 - ES - 13/01

domingo, 11 de janeiro de 2015

Criança de 11 anos morre eletrocutada em Alcobaça

Por volta de 12h20, deste sábado, 10 de janeiro, deu entrada no pronto socorro do Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, a menor Aletícia Silva dos Santos, 11 anos, indígena, natural de Pau Brasil, levada pela CAEMA, com sinais de queimaduras produzidas por descarga elétrica.
Segundo o Boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Policia pelo Sr. Cleomar Souza Silva, coordenador administrativo do SESAI, da Aldeia Índigena Renascer, situada na zona rural de Alcobaça, a menor sofreu um choque elétrico na aldeia aonde mora com os pais.
Na guia de encaminhamento para o IML, diz que a criança chegou ao hospital, trazida pela CAEMA sem suporte ventilatório e hemodinâmico básico, por tempo indeterminado. Ainda segundo o hospital a criança já chegou com parada cárdio respiratória e morreu de queimaduras internas provocadas por choque elétrico.
O corpo foi encaminhado para o IML onde será necropsiado. O caso foi registrado na 8ª Coorpin,
Fonte: Bahia Extremo Sul 10/01

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Homem morre após sofrer descarga elétrica em Ribeirão Preto

O eletricista autônomo Eduardo Bérgamo Coleta, de 46 anos, morreu após sofrer uma descarga elétrica de 220 volts, enquanto fazia a manutenção de um forno elétrico em uma casa de esfiras nos Campos Elíseos, zona Norte de Ribeirão Preto.
O acidente ocorreu por volta das 11h desta quinta-feira (8). No momento do choque, colegas de trabalho haviam pensado que ele estivesse sofrendo um ataque epilético e chamaram o funcionário de uma farmácia em frente.
Alessandro Santos da Silva, biomédico, disse que ao chegar ao local o eletricista estava com metade do corpo dentro do forno e as mãos no chão.
Ao encostar em Eduardo, o biomédico também sentiu o choque. De imediato ele iniciou os primeiros socorros e acionou a equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que tentou reanimá-lo durante uma hora. O eletricista foi encaminhou para o Hospital São Paulo em estado gravíssimo, mas faleceu poucas horas depois.
Fonte: Jornal a Cidade 08/01

Encarregado de obra morre eletrocutado no Jardim Botânico do Recife

Um encarregado de obras morreu eletrocutado no Jardim Botânico do Recife, no bairro do Curado, Zona Oeste da capital, nesta quarta-feira (8). Joel Lopes da Silva, 42 anos, montava um mastro de bandeira quando recebeu uma descarga elétrica de 13.800 volts. Segundo peritos do Instituto de Criminalística (IC), o trabalhador pode ter esbarrado com a estrutura metálica, que tinha sete metros de comprimento, na rede de alta tensão instalada no espaço.
Ainda de acordo com os peritos, seria impossível a vítima sobreviver a intensidade do choque. Joel Lopes trabalhava como encarregados de obras de uma prestadora de serviço contratada pela Prefeitura do Recife. No Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, familiares e amigos estavam inconsoláveis.
O IC deve divulgar em 20 dias as causas do acidente, se foi imprudência do trabalhador ou falta de segurança do local. A Prefeitura do Recife lamentou a morte do funcionário e disse que, juntamente com a empresa terceirizada, está prestando assistência à família. A Prefeitura esclareceu que a empresa ofereceu as condições adequadas para o trabalho.
Fonte: Tv Jornal 08/01

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Operário morre após receber choque elétrico em Ananindeua, PA

Um operário morreu na noite deste sábado (3) no município de Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém, após receber uma descarga elétrica durante a montagem do palco para as comemorações do aniversário de 71 anos do município.
De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o funcionário chegou a receber atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, mas morreu no hospital. Após o acidente, o palco chegou a ser interditado, mas foi liberado para a realização do show de aniversário de Ananindeua.
Fonte: G1 Pará 04/01

Criança sofre choque elétrico em parque de diversões no Litoral Norte

De acordo com ocorrência policial, uma menina de dez anos sofreu choque elétrico em um parque de diversões no Centro de Balneário Pinhal, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. O fato foi na noite passada, mas divulgado neste sábado pela Brigada Militar. Ao sair do brinquedo "Kamikaze", a menina enconstou as duas mãos em uma plataforma de metal e sofreu uma descarga elétrica, ficando por alguns segundos com as mãos grudadas no equipamento.
Ela foi socorrida por um funcionário de parque e foi levada por ele, junto com os pais, para o Posto de Saúde 24 horas do município. Ao registrar a ocorrência, a família da menina, que passou por avaliação médica e passa bem, informou que outras pessoas reclamaram de choques elétricos.

Outro caso
No dia 26 de dezembro, um outro caso semelhante aconteceu na praia de Magistério, no litoral norte. Uma menina de nove anos levou um choque quando se divertia em um dos brinquedos. O Serviço de Atendimento do Samu fez o atendimento. O choque não foi forte, mas, ao chegar ao parque, no centro de Magistério, o Corpo de Bombeiros constatou que o estabelecimento não tinha alvará.
Fonte: Click RBS - Gaúcha 03/01

Adolescente morre eletrocutado por fio da rede pública em Independência

Um adolescente de 13 anos morreu eletrocutado, na noite desta sexta-feira (02/01), na localidade de Juruá, em Independência. De acordo com informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), Diogo Moreira de Sousa andava de bicicleta, quando passou por cima de um fio solto e recebeu uma forte descarga elétrica.
Populares informaram aos policiais que atenderam a ocorrência, que o corpo do garoto ficou preso ao cabo e não havia como ajudá-lo, por conta do risco de outras pessoas também levarem choque. Foi necessário desligar a rede que alimentava o poste a que a fiação estava ligada, para que Diogo Sousa fosse retirado do local.
Os moradores de Juruá disseram à PM que há dias o fio havia se soltado do poste e estava exposto. Por estar escuro, o garoto não percebeu por onde estava passando e acabou sofrendo a descarga.
Fonte: Ceará agora 03/01

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Homem morre eletrocutado em casa

Valdir Machado da Rosa, de 32 anos, morador do bairro Januária, em Sombrio, teve morte instantânea ao levar um choque de 220 volts na manhã da última sexta-feira, por volta das 11h30mim, na sua casa. A fatalidade ocorreu antes da chegada de uma tormenta à cidade, o que descarta que ele tenha sido vítima de uma descarga elétrica provocada por relâmpagos.
Valdir era pedreiro e também atuava na colheita de fumo, era separado, tinha um filho de 13 anos e morava com a mãe. Segundo os bombeiros, que chegaram a ser acionados pela família junto com o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), Valdir utilizava uma extensão para ligar a máquina de lavar. A suspeita é que parte do fio estava descascado e provou o choque. Como a vítima estava descalça, a corrente passou pelo seu corpo e coração, o que pode ter provocado uma parada cardíaca. As mãos e pés de Valdir estavam bem queimados.
A irmã dele, Maria Machado da Rosa, precisou realizar os trabalhos de registro em cartório do óbito, atestado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Araranguá, que recolheu o corpo. Ela estava muito abalada e recebia o constante consolo do companheiro. “Foi uma perda que não consigo nem falar. Pegou todos de surpresa”, lamentou Maria.
O corpo foi velado no Salão Comunitário da Januária e sepultado no Cemitério Rio Novo, em Balneário Gaivota. A funerária Menino Deus realizou todos os preparativos. A Polícia Civil esteve na casa de Valdir para trabalhos de rotina.
Quase no mesmo horário de sexta-feira, outra pessoa, uma jovem de 19 anos havia levado um choque. O fato foi registrado no Parque das Avenidas, também em Sombrio. Érica Silva de Quadros foi salva pelo marido, que por sorte estava em casa. “Ele conseguiu desligar o aparelho da tomada, que por sinal também era uma extensão velha que seria utilizada em uma máquina de lavar”, lembra um bombeiro que atendeu a vítima, que passa bem e não corre risco de morte.
Cuidado com eletricidade

Verifique sempre o estado das instalações elétricas. Fios desencapados podem ser perigosos e as tomadas devem estar protegidas por tampas, fita isolante ou mesmo ocultas pelos móveis. Coloque protetores nas tomadas que estão ao alcance de crianças para evitar acidentes. Os fios elétricos devem estar isolados e longe do alcance das mãos das crianças. Os benjamins ou extensões devem ser evitados. Muitos aparelhos ligados na mesma tomada podem causar sobrecarga e curto circuito na fiação. Antes de efetuar consertos e reformas, é preciso desligar a chave geral. Dê preferência a um eletricista profissional e desligue o chuveiro antes de mudar a chave verão/inverno.
Recomendações para evitar acidentes:

• Desligue e retire o plugue da tomada quando for limpar os aparelhos eletrodomésticos;
• Para evitar choques, coloque fita isolante nos fios desencapados ou nas emendas;
• Antes de trocar uma lâmpada, desligue o interruptor, não toque na parte metálica do bocal, nem na rosca. Segure a lâmpada pelo vidro (bulbo). Não exagere na força ao enroscá-la, pois você pode provocar acidentes;
• Não mexa com eletrodomésticos em locais com água ou umidade, nem com as mãos ou pés molhados.
• Em caso de choque providencie socorro imediatamente, ligando para o Corpo de Bombeiros, pois é preciso ser rápido. Os primeiros minutos após o choque são vitais para o acidentado;
• Desligue o disjuntor elétrico ou a chave geral se houver algum problema nas instalações internas da casa;
• Não toque na vítima ou no fio elétrico sem saber se existe passagem de eletricidade;
• Se não for possível desligar a chave geral, remova o fio ou a vítima com a ajuda de um material seco não condutor de energia, como madeira, cabo de vassoura, jornal dobrado, cano plástico, corda, etc;
• Ao carregar a vítima, tome muito cuidado para não complicar eventuais lesões, principalmente na coluna vertebral.
Fonte: Grupo Correio do Sul 29/12